Pular para o conteúdo principal

Música pode ajudar em questões de prova?

Alô, pessoas! 
Todo mundo tem uma forma para estudar para provas. Algumas dessas formas são eficientes e produtivas, outras são baseadas na "pesca" ou "cola". Apesar de existir vários métodos para estudo, as pessoas sempre vêm procurando a forma mais fácil para fixar melhor um determinado assunto e se sair bem em uma prova. 
Existem meios de utilizar do lazer algo produtivo, como assistir filmes, séries, ler livros etc. Mas e a música? Sim, a música pode sim ajudar uma pessoa em alguns assuntos. E essa ajuda vai de um simples conhecimento de uma música ao aprofundamento da teoria musical. 
Partindo do mais simples, uma questão mostra uma música que você conhece e sabe sobre o que a música aborda. Entender e interpretar essa música já é um trabalho a menos para leitura e uma análise profunda na questão. Provas mais complicadas como Enem, que exige um senso lógico e interpretativo muito grande de uma pessoa, é um exemplo de prova que o conhecimento musical possa ser útil. 
Saber interpretar músicas, por exemplo, pode ajudar na análise de questões interpretativas com poemas e textos em prosa, além de que pode ajudar se a música aborda um tema sobre um determinado período histórico. 
Vamos usar o Enem como exemplo desses tipos de prova que abordam música, por ser uma das mais famosas no Brasil e frequentemente usar da música para criar questões.
Indo para a parte de linguagens, aqui estão duas questões aonde o conhecimento musical acaba sendo uma vantagem.

(Questão 1) Enem - 2019
Blues da piedade

Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Pra essa gente careta e covarde
Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Lhes dê grandeza e um pouco de coragem

Todo gênero apresenta elementos constitutivos que condicionam seu uso em sociedade. A letra de canção identifica-se com o gênero ladainha, essencialmente, pela utilização da sequência textual

a) expositiva, por discorrer sobre um dado tema.
b) narrativa, por apresentar uma cadeia de ações.
c) injuntiva, por chamar o interlocutor à participação.
d) descritiva, por enumerar características de um personagem.
e) argumentativa, por incitar o leitor a uma tomada de atitude

A resposta é a letra c. 
Essa é um pouco mais difícil pois fala de um gênero textual, então conhecer a música não vai ajudar totalmente. Mas essa questão chama atenção de uma coisa que pode ser muito útil futuramente. Alguns gêneros textutais podem ser estudados a partir de músicas, então saber fazer essa ligação, pode sim ajudar em questões de provas futuras. 

(Questão 2) Enem - 2017
Fim de semana no parque

Olha o meu povo nas favelas e vai perceber
Daqui eu vejo uma caranga do ano
Toda equipada e o tiozinho guiando
Com seus filhos ao lado estão indo ao parque
Eufóricos brinquedos eletrônicos
Automaticamente eu imagino
A molecada lá da área como é que tá
Provavelmente correndo pra lá e pra cá
Jogando bola descalços nas ruas de terra
É, brincam do jeito que dá
[…]
Olha só aquele clube, que da hora
Olha aquela quadra, olha aquele campo, olha
Olha quanta gente
Tem sorveteria, cinema, piscina quente
[…]
Aqui não vejo nenhum clube poliesportivo
Pra molecada frequentar nenhum incentivo
O investimento no lazer é muito escasso
O centro comunitário é um fracasso

A letra da canção apresenta uma realidade social quanto à distribuição distinta dos espaços de lazer que

a) retrata a ausência de opções de lazer para a população de baixa renda, por falta de espaço adequado.
b) ressalta a irrelevância das opções de lazer para diferentes classes sociais, que o acessam à sua maneira.
c) expressa o desinteresse das classes sociais menos favorecidas economicamente pelas atividades de lazer.
d) implica condições desiguais de acesso ao lazer, pela falta de infraestrutura e investimentos em equipamentos.
e) aponta para o predomínio do lazer contemplativo, nas classes favorecidas economicamente; e do prático, nas menos favorecidas. 

A resposta é letra d. 
Essa música pertence ao grupo Racionais MCs. As questões da prova de linguagens do Enem que citam músicas são mais interpretativas, então o tempo que você vai economizar quando já conhece a música é bastante valioso. E mesmo que não conheça a música, saber interpretar textos em verso como letras de música é uma ajuda para interpretar poemas e textos em prosa. 

(Questão 1) Enem - 2019
In This Life 

Sitting on a park bench
Thinking about a friend of mine
He was only twenty three
Gone before he had his time
It came without a warning
Didn't want his friends to see him cry
He knew the day was dawning
And I didn't have a chance to say goodbye

A canção, muitas vezes, é uma forma de manifestar sentimentos e emoções da vida cotidiana. Por exemplo, o sofrimento retratado nessa canção foi causado

a) pela morte precoce de um amigo jovem. 
b) pelo término de um relacionamento amoroso. 
c) pela mudança de um amigo para outro país. 
d) pelo fim de uma amizade de mais de vinte anos.
e) pela traição por parte de pessoa próxima.

A resposta é letra a.

Essa música faz parte de um dos discos mais famosos da cantora Madonna, e para quem conhece a tradução, já vai saber sobre exatamente o que a música fala. Mas, claro, se não conhecer a música, ainda pode apelar para o prórpio conhecimento de inglês. 
 
(Questão 2) Enem - 2019
Empanada

Overa en bayo claro,
vaquilla echada,
eres del vino tinto
la camarada.
[...]
Vienes llena de pino,
cebolla y carne,
con pasas, huevo duro,
y aliño de hambre.
Con el primer mordisco
por una oreja,
se abre tu boca ardiente
como sorpresa.
Te la lleno de pebre
quedas picante
si te beso muy fuerte,
no me reclames.
Busco, loco, en tu vientre,
delicia oscura,
la traición exquisita
de tu aceituna.
[...]
Y repite el ataque
por andanadas:
Nadie queda con hambre
si hay empanadas.

A gastronomia é uma das formas de expressão cultural de um povo. Nesse poema, ao personificar as
empanadas, o escritor chileno Antrix

a) enaltece esse prato da culinária hispânica.
b) descreve algumas etapas de preparação dessa receita.
c) destaca a importância do vinho na alimentação hispânica.
d) resgata o papel histórico desse alimento em tempos de fome.
e) evidencia a relevância de alguns condimentos na cozinha hispânica.

A resposta é letra a. 
Pode ser um pouco difícil que você conheça a música, já que não é muito comum brasileiros ouvirem músicas dos nossos vizinhos sul-americanos, mas repare que também você vai economizar tempo nessa questão só pelo fato dela ser um idioma parecido com o português e que a resposta está quase explicita. Note que a resposta começa a aparecer quando você não sabe se o cantor fala e uma mulher ou da comida. Além de que o enunciado diz "personifica". Também poderia ser resolvida por eliminatória. 

Agora, na ala de humanas, você vai descobrir que a música assume um papel interpretativo e normalmente são músicas que fazem relação com um assunto econômico, político, social ou ambiental. 

(Questão 1) Enem - 2013
Disneylandia 
Multinacionais japonejas instalam empresas em Hong-kong E produzem com matéria-prima brasileira 
Para competir no mercado americano 
[…]
Pilhas americanas alimentam eletrodomésticos ingleses
na Nova Guiné
Gasolina árabe alimenta automóveis americanos na
África do Sul 
[…]
Crianças iraquianas fugidas da guerra 
Não obtêm visto no consulado americano do Egito 
Para entrarem na Disneylandia 

Na canção, ressalta-se a coexistencia, no contexto internacional atual, das seguintes situações:

a) Acirramento do controle alfandegário e estímulo ao capital especulativo.  
b) Ampliação das trocas econômicas e seletividade dos fluxos populacionais. 
c) Intensificação do controle informacional e adoção de barreiras fitossanitárias. 
d) Aumento da circulação mercantil e desregulamentação do sistema financeiro.  
e) Expansão do protecionismo comercial e descaracterização de identidades nacionais.

A resposta é letra b.
A música pertence à banda Titãs e essa questão exige mais do que interpretação de texto. A matéria dessa questão é de geografia e é preciso ter uma certa noção do assunto. 

(Questão 2) Enem - 2019

TEXTO I
Ouve o barulho do rio, meu filho
Deixa esse som te embalar
As folhas que caem no rio, meu filho
Terminam nas águas do mar
Quando amanhã por acaso faltar
Uma alegria no seu coração
Lembra do som dessas águas de lá
Faz desse rio a sua oração.

TEXTO II
O atrativo ecoturístico não é somente o banho de cachoeira, sentar e caminhar pela praia, cavalgar, mas conhecer a biodiversidade, às vezes supostamente em extinção. Observar baleias, nadar com o golfinho, tocar em corais, sair ao encontro de dezenas de jacarés em seu hábitat natural são símbolos que fascinam um ecoturista. A natureza é transformada em espetáculo diferente da vida urbana moderna.

São identificadas nos textos, respectivamente, as seguintes posturas em relação à natureza:

a)Exploração e romantização.
b) Sacralização e profanação.
c) Preservação e degradação.
d) Segregação e democratização.
e) Idealização e mercantilização.

A resposta é letra e. 
Essa questão apresenta uma música de Marisa Monte no primeiro texto. Ela também não pode ser respondida apenas com interpretação, mas, sabendo o que a música fala, já dá para desconsiderar algumas alternativas. Essa é uma das formas para responder a questão se você não conseguiu entender o segundo texto. 
Note que você consegue eliminar a maioria das alternativas facilmente.

Em ciências da natureza, ou apenas biológicas, já não é tão útil assim, mas existem questões que realmente dá para conseguir responder, lembrando que isso só se aplica com questões teóricas. A matéria de física é um exemplo. 

(Questão 1)  Enem - 2015
Ao ouvir uma flauta e um piano emitindo a mesma nota musical, consegue-se diferenciar esses instrumentos um do outro.

Essa diferenciação se deve principalmente ao(à)

a) Intensidade sonora do som de cada instrumento musical.

b) potência sonora do som emitido pelos diferentes instrumentos musicais.

c) diferente velocidade de propagação do som emitido por cada instrumento musical.

d) Timbre do som, que faz com que os formatos das ondas de cada instrumento sejam diferentes.

e) altura do som, que possui diferentes frequências para diferentes instrumentos musicais.

A resposta é a letra d.

Essa questão é uma questão sobre ondas, mas quem entende sobre instrumentos musicais tem uma maior chance de acertar, pois sabemos diferenciar os sons de instrumentos musicais, apesar de tocarem a mesma nota, pelo timbre. 

Para terminar, a matéria de exatas, englobando a matemática, o conhecimento musical precisa ser um pouco mais aprofundado para se tornar útil. Muitos devem saber que parte da teoria musical envolve muito a matemática. A duração de cada nota, o ritmo e o andamento são exemplos de pontos em que a teoria musical trabalha muito com matemática. 

(Questão 1) Enem PPL - 2018 (reaplicação)
Na música, usam-se sinais gráficos chamados figuras de duração para indicar por quanto tempo se deve emitir determinado som.

As figuras de duração usadas atualmente são: semibreve, mínima, semínima, colcheia, semicolcheia, fusa e semifusa.

Essas figuras não possuem um valor (tempo) fixo. Elas são proporcionais entre si. A duração de tempo de uma semibreve é equivalente à de duas mínimas, a duração de uma mínima é equivalente à de duas semínimas, a duração de uma semínima equivale à de duas colcheias e assim por diante, seguindo a ordem dada.

Considere que a semibreve tem a duração de tempo de uma unidade.

A sequência que indica a duração de tempo de uma mínima, de uma semínima, de uma colcheia, de uma semicolcheia, de uma fusa e de uma semifusa é

a) 2, 4, 8, 16, 32, 64

b) 1, 2, 4, 8, 16, 32

c) 1, 1/2, 1/4, 1/8, 1/16, 1/32

d) 1/2, 3/4, 7/8, 15/16, 31/32, 63/64

e)  1/2, 1/4, 1/8, 1/16, 1/32, 1/64

A resposta é a letra e.
Essa questao é uma questão de P.G (progressão geométrica) e quem conhece esse assunto, sabe que precisam de fórmulas para responder algumas questões. Mas nessa, quem conhece teoria musical, sabe que uma nota é a metade de outra. Se uma semibreve vale 1, a mínima vale metade, que é 1/2, a semínima vale 1/4 e assim por diante. Poupou bastante tempo, certo?

Além de ajudar em questões objetivas, entender de música também ajuda em dissertações argumentativas, tais como redações de provas com alta concorrência. Claro que é preciso utilizar desse conhecimento com cuidado, pois redações como, por exemplo, as do Enem exigem um repertório interdisciplinar, então se limitar apenas e unicamente à citação de músicas não é muito recomendado. 
Além de conhecer o mundo da música, as paródias podem ser úteis para uma melhor fixação de um assunto. Algumas paródias conseguem pegar as partes mais importantes de um assunto e resumir de forma que a pessoa, depois de ter estudado o assunto por completo a partir de pesquisas e anotações, não esquecer dos pontos mais importantes. 
Então, entender de música nem sempre é algo para se divertir. Também pode ser usado para meios produtivos e mais dinâmicos para aprender melhor. Claro que nem sempre a música vai ter essa utilidade, mas é importante lembrar que quando vier uma questão referente à música, será um trabalho a menos para quem entende, dando uma maior vantagem. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Interpretação: Diáspora — Tribalistas

Alô, pessoas!  Afinal, o que é "diáspora"? Diáspora é o nome que se dá a um deslocamento, geralmente forçado, de uma grande quantidade de pessoas de uma mesma região. Atualmente esse conceito pode ser resumido como fluxo de imigração forçado ou, de um olhar mais popular,  ação praticada por refugiados.  Talvez todo mundo conhece a música Diáspora por causa da novela que passou recentemente no ano de 2019. A música foi gravada em 2017 e retrata um dos temas mais atuais que o mundo vivenciou durante o final dos anos 2010: imigração forçada.  É importante entender que a Síria é um dos países com mais imigrantes forçados do mundo, justamente por causa das guerras. A Venezuela, muito recentemente, passa por uma situação que obriga muitos venezuelanos a migrarem para o Brasil.  Não é apenas nesses dois países que há um grande fluxo de imigração forçada, é importante entender que em todo o mundo há um grande fluxo de imigração forçada e a música Diáspora chama atenção para isso, faz

5 músicas para entender o Arcadismo

Alô, pessoas! O arcadismo foi um movimento artístico que se baseava na valorização da natureza, da simplicipdade da vida no campo e aversão à cidade. Esse período, no Brasil, se estendeu ao longo do século XVIII e teve fim no século XIX. As músicas que você vai conhecer não são as músicas da época, e sim letras que retratam as caractéristicas comuns no arcadismo. A música durante o período do arcadismo, que também pode ser chamado de neoclassicismo , envolve a música erudita, que não é o tipo de música que será abordada aqui.  Na intenção de ajudar aquelas pessoas que precisam de ajuda para entender os movimentos literários e tem dificuldade em interpretar a poesia árcade, reuni cinco músicas que vão auxiliar no entendimento desse movimento literário tão lindo. Vamos lá! 5- No Rancho Fundo - Chitãozinho e Xororó  A relação que essa música tem com o arcadismo é que durante a letra podemos ouvir as tristezas de um vivente no campo. Em vários versos estão presentes referências à natureza

20 frases de músicas para citar em uma redação

Alô, pessoas!  Se você já prestou Enem ou vestibular isolado, com certeza já deu de cara com uma redação com um tema que se encaixaria perfeitamente com uma citação de algum filósofo, sociólogo ou poeta famoso, certo? Mas aí você acaba esquecendo qual é a frase ou simplesmente não consegue pensar em nenhuma, ou não conhece nenhuma.  Por isso, existem músicas com citações incríveis e que vão te fazer lembrar se você conhecer a música bem. Dessa forma, reuni 20 citações de músicas para você usar em várias de suas redações.  Essas citações não vão servir para todos os temas existentes em vestibulares, mas podem ser de grande ajuda com temas relacionados a problemas ambientais, consumismo, intolerância e preconceito, alienação, saúde, qualidade de vida, valorização de algo etc. Também podem ajudar em parágrafos em que se enfatiza algum movimento social, critica algo ou relaciona com algum fator biológico.  Antes de memorizar algumas dessas frases, lembre-se de tomar cuidado ao usá-las. Per

10 músicas que fazem referências à filosofia e à sociologia

 Alô, pessoas! A filosofia e a sociologia andam praticamente de mãos dadas. Muitas ideias da sociologia se aplicam nas reflexões filosóficas a respeito do mundo e a música é um dos inúmeros exemplos que expressam essas ideias e reflexões.  Muitas músicas que conhecemos possuem letras que muitas vezes nem percebemos que estão falando de um tema abordado na filosofia ou na sociologia. Também há a questão de a música fazer referência a um filósofo ou sociólogo famoso sendo de forma intencional ou não.  Pensando nisso, reuni dez músicas que fazem referências à filosofia e à sociologia. Essas músicas podem te ajudar nos estudos dos assuntos abordados nas letras ou até citar em redações de vestibulares! Vamos lá! 10- O Mundo é um Moinho (Cartola) Um conselho importantíssimo do Cartola para todos nós. Essa música segue um pouco da lógica do filósofo Jean-Paul Sartre, um filósofo existencialista. A ideia da música e a do filósofo está voltada para a liberdade de escolha de um indivíduo. Enquan