Pular para o conteúdo principal

Os anos 80 estão de volta? Conheça o tiktoker que relembra os maiores sucessos da época

Alô, pessoas! 
Os anos 1980 foram considerados anos de ouro para muitos. Foi a década do A-ha, do Billy Idol, do Michael Jackson, da Madonna, da USA for Africa, de muito glamour e de penteados muito diferentes. No Brasil,  culturalmente falando, não é diferente, dado às circunstâncias vividas na época. Em resumo, foram anos muito bons, principalmente para os músicos, porque foi nessa década que a MTV nasceu, que a rede Globo transmitia o tão amado programa Globo de Ouro, que o primeiro Rock In Rio aconteceu e que o Queen e várias outras bandas e artistas se apresentavam na Live-Aid
Como muitas décadas, os anos 80 marcaram as pessoas e deixaram saudades, mas algumas pessoas, por terem tanta admiração à década de 80, gostam agir como se voltassem no tempo, se vestindo como antigamente e ouvindo das músicas da mesma forma que as pessoas ouviam: em vitrolas e em fitas. 
Os ano 80 não voltaram, mas o tiktoker brasileiro de nickname @darkoy2k traz para as pessoas um pedacinho do que seria viver na época. De onde veio essa paixão pela década? O que ele pensa a respeito das músicas antigas e das músicas atuais? É isso o que você vai descobrir brevemente.


Vamos lá! 

1- De onde veio essa paixão pelas décadas de 60, de 70, de 80 e de 90?
R: Minha paixão pelos anos 60/70/80/90 veio dos meus pais, principalmente o meu pai já que foi quem realmente me apresentou as músicas e os filmes de antigamente. Desde pequeno eu já tinha um sentimento grande pelas década passadas.

2- Não somos como Marty Mcfly, mas se você pudesse voltar no tempo para algum acontecimento importante no mundo da música, qual seria? 
R: Eu gostaria de ter presenciado a primeira edição do Rock in Rio em 1985. Imagino que deve ter sido uma experiência única ter estado lá vendo de perto a maior parte das lendas da música tocarem ao vivo; deve ser algo maravilhoso de ser ter guardado na memória.

3- As pessoas que viveram na década de 80 assistem a seus vídeos ou conhecem seu estilo de vida? Se sim, quais são os comentários que elas normalmente fazem? 
R: Muitas pessoas que viveram nos anos 80 assistem meus vídeos, e elogiam (risos); dizem que os faço lembrar de “uma época que não volta mais”. Claro que às vezes aparecem pessoas dizendo que “não era bem assim aqui no Brasil”, mas grande parte da inspiração que tenho pra fazer meus vídeos vem dos relatos dos meus pais, que me contam com muito carinho como foi viver os anos 80 e que, apesar da situação financeira deles não ter sido fácil, eles não deixaram de aproveitar ou viver a vida.

4- Algumas pessoas de várias idades,  inclusive jovens, preferem ouvir músicas mais antigas do que ouvir músicas atuais.  Você também é assim ou faz o tipo eclético? 
R: Meu gosto musical em sua grande parte é música antiga, mas tem muitas músicas de hoje em dia que eu adoro ouvir, afinal música é música, se te faz sentir alguma coisa então está fazendo o “trabalho” dela, dito isso eu diria que sou eclético nessa questão de gosto musical, apesar claro de ter um amor “um pouco maior” por música antiga (risos).

5- Se fosse definir os anos 80 em uma música ou em um disco, qual você citaria? 
R: essa pergunta é difícil (risos), mas sinceramente eu diria Dancing in the Dark do Bruce Springsteen, porque eu acho que nunca me identifiquei tanto com uma música como essa, e sempre que quero buscar incentivo ou inspiração para gravar meus vídeos é nessa música que eu encontro.

6- A década de 80 teve muitos momentos marcantes, cantores e bandas que influenciaram diretamente nas décadas seguintes. Na sua opinão, qual o impacto que as músicas, os cantores e as bandas dos anos 80 tiveram nas músicas dos anos seguintes e, sobretudo, atualmente? 
R: Nessa questão eu posso ser um pouco leigo, mas os anos 80 nunca vão morrer. Hoje em dia vemos muitos músicos e bandas usarem os anos 80 como fonte de inspiração, seja na letra da música ou na estética ou até na batida, sem falar que até a moda daquela época está presente de novo (risos), e isso é maravilhoso, essa coisa de “ser diferente”, “ ser você mesmo”, sabe. Muitas músicas daquela época voltaram a ser ouvidas e tocadas nos lugares, principalmente nas redes sociais, e ver isso é realmente incrível.

Assim termina a entrevista. 
Você pode encontrá-lo no Instagram e no TikTok e viajar no tempo (nem que seja por alguns minutos). 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Interpretação: Diáspora — Tribalistas

Alô, pessoas!  Afinal, o que é "diáspora"? Diáspora é o nome que se dá a um deslocamento, geralmente forçado, de uma grande quantidade de pessoas de uma mesma região. Atualmente esse conceito pode ser resumido como fluxo de imigração forçado ou, de um olhar mais popular,  ação praticada por refugiados.  Talvez todo mundo conhece a música Diáspora por causa da novela que passou recentemente no ano de 2019. A música foi gravada em 2017 e retrata um dos temas mais atuais que o mundo vivenciou durante o final dos anos 2010: imigração forçada.  É importante entender que a Síria é um dos países com mais imigrantes forçados do mundo, justamente por causa das guerras. A Venezuela, muito recentemente, passa por uma situação que obriga muitos venezuelanos a migrarem para o Brasil.  Não é apenas nesses dois países que há um grande fluxo de imigração forçada, é importante entender que em todo o mundo há um grande fluxo de imigração forçada e a música Diáspora chama atenção para isso, faz

5 músicas para entender o Arcadismo

Alô, pessoas! O arcadismo foi um movimento artístico que se baseava na valorização da natureza, da simplicipdade da vida no campo e aversão à cidade. Esse período, no Brasil, se estendeu ao longo do século XVIII e teve fim no século XIX. As músicas que você vai conhecer não são as músicas da época, e sim letras que retratam as caractéristicas comuns no arcadismo. A música durante o período do arcadismo, que também pode ser chamado de neoclassicismo , envolve a música erudita, que não é o tipo de música que será abordada aqui.  Na intenção de ajudar aquelas pessoas que precisam de ajuda para entender os movimentos literários e tem dificuldade em interpretar a poesia árcade, reuni cinco músicas que vão auxiliar no entendimento desse movimento literário tão lindo. Vamos lá! 5- No Rancho Fundo - Chitãozinho e Xororó  A relação que essa música tem com o arcadismo é que durante a letra podemos ouvir as tristezas de um vivente no campo. Em vários versos estão presentes referências à natureza

20 frases de músicas para citar em uma redação

Alô, pessoas!  Se você já prestou Enem ou vestibular isolado, com certeza já deu de cara com uma redação com um tema que se encaixaria perfeitamente com uma citação de algum filósofo, sociólogo ou poeta famoso, certo? Mas aí você acaba esquecendo qual é a frase ou simplesmente não consegue pensar em nenhuma, ou não conhece nenhuma.  Por isso, existem músicas com citações incríveis e que vão te fazer lembrar se você conhecer a música bem. Dessa forma, reuni 20 citações de músicas para você usar em várias de suas redações.  Essas citações não vão servir para todos os temas existentes em vestibulares, mas podem ser de grande ajuda com temas relacionados a problemas ambientais, consumismo, intolerância e preconceito, alienação, saúde, qualidade de vida, valorização de algo etc. Também podem ajudar em parágrafos em que se enfatiza algum movimento social, critica algo ou relaciona com algum fator biológico.  Antes de memorizar algumas dessas frases, lembre-se de tomar cuidado ao usá-las. Per

10 músicas que fazem referências à filosofia e à sociologia

 Alô, pessoas! A filosofia e a sociologia andam praticamente de mãos dadas. Muitas ideias da sociologia se aplicam nas reflexões filosóficas a respeito do mundo e a música é um dos inúmeros exemplos que expressam essas ideias e reflexões.  Muitas músicas que conhecemos possuem letras que muitas vezes nem percebemos que estão falando de um tema abordado na filosofia ou na sociologia. Também há a questão de a música fazer referência a um filósofo ou sociólogo famoso sendo de forma intencional ou não.  Pensando nisso, reuni dez músicas que fazem referências à filosofia e à sociologia. Essas músicas podem te ajudar nos estudos dos assuntos abordados nas letras ou até citar em redações de vestibulares! Vamos lá! 10- O Mundo é um Moinho (Cartola) Um conselho importantíssimo do Cartola para todos nós. Essa música segue um pouco da lógica do filósofo Jean-Paul Sartre, um filósofo existencialista. A ideia da música e a do filósofo está voltada para a liberdade de escolha de um indivíduo. Enquan